31 de mai de 2011

Internet: A tecnologia na defesa do meio ambiente



O avanço da tecnologia é apontado como um dos principais responsáveis pelos grandes males causados à natureza. Não é de se negar que a poluição gerada por veículos e indústrias e a decorrente contaminação das águas e do ar, atingiram, em alguns lugares, índices insuportáveis. E, de fato, esse fenômeno decorre, principalmente, do desenvolvimento tecnológico e do sistema econômico reverenciados por grande parte da humanidade. Vale lembrar que, por trás das máquinas e do sistema, existe sempre a mente humana, que pode utilizá-los como lhe convir, para o bem do próximo e do planeta ou em detrimento dele.

Por sorte, uma dialética aplica-se a esse caso que, com o advento da ecologia e o despertar da consciência ecológica, encontra sua antítese naqueles que utilizam os frutos desse avanço na luta pela proteção do planeta e dos seres que o habita. Cada vez mais são desenvolvidas tecnologias menos poluentes e mais econômicas, ao mesmo tempo em que os métodos de fiscalização, controle, prevenção, remediação e limpeza de danos ao meio ambiente tornam-se mais eficientes. Outra grande aliada do planeta na era cibernética tem sido a Internet, que dissemina informações e campanhas na mesma velocidade em que se degrada, e a esperança sempre é de que a conscientização acabe por superar a devastação.

A net tem sido uma ferramenta para que instituições ambientalistas e as idéias e campanhas que promovem atinjam um número crescente de pessoas e de uma maneira mais efetiva. Dener Giovanini, Coordenador Geral da Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres (RENCTAS), acredita que o grande beneficiado nesse processo tenha sido o poder de mobilização para as questões globais, capaz de gerar amplas reações, quase que imediatas: “A velocidade e a disponibilidade das informações propiciadas pela Internet reduziu distâncias e rompeu com as amarras geográficas. Através dela, o usuário pode se manifestar e mobilizar em tempo recorde.”
Custa pouco proteger a Natureza!Custa pouco proteger a Natureza!

E, de fato, o grau de praticidade na ação ecológica promovida pela rede chegou a tal ponto que é possível plantar uma árvore com apenas um clique do mouse, ou até mesmo adotar virtualmente um animal silvestre ameaçado de extinção, e isso sem qualquer tipo de compromisso financeiro ou de afiliação com a instituição.

FONTE: http://ecoviagem.uol.com.br/fique-por-dentro/artigos/meio-ambiente/internet-a-tecnologia-na-defesa-do-meio-ambiente-698.asp (ACESSADO EM 31/05/2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu recadinho e/ou comentários!